Faça sua emissão do boleto IPVA: Passo a Passo

Com o começo do ano surgem as taxas obrigatórias que precisamos pagar. Para os proprietários de veículos, um dos valores obrigatórios mais importantes é o IPVA, pois sem o pagamento dele, fica inviável solicitar o seu licenciamento para dirigir. Portanto, para não ficar irregular com o Detran e não acabar pagando juros altíssimos por atraso, veja abaixo como emitir o seu boleto passo a passo.

O Imposto Para Proprietário de Veículos é um dos impostos mais importantes para o brasileiro. Além disso, é também uma das taxas mais altas e é melhor que o motorista esteja pronto para ela.

Junto a cobrança do IPVA, estará o requerimento para que você pague o DPVAT. Esta taxa de seguro representa cobertura para você, que pode ser ressarcido em caso de acidentes de trânsito.

Geralmente estes dois valores chegam para você no mesmo boleto, mas caso precise ou deseje efetuar o pagamento separado, você pode optar pelo boleto DPVAT separado do IPVA 2021.

Passo 1

Seja para gerar o boleto do IPVA ou do DPVAT 2021, você precisará acessar o site do Detran. Cada região possui um Detran responsável pelo seu estado, portanto, você deverá acessar a plataforma digital de atendimento para a sua região.

Passo 2

Depois de acessar o site, você deve acessar as informações do seu veículo informando a placa do mesmo e o RENAVAM. Estes dados permitem o registro das atividades do seu veículo, como multas em aberto e cobranças de juros.

Passo 3

Se você estiver devendo o IPVA RS, é importante ressaltar que será aplicado um valor de juros para o seu boleto. Você pode conferir essas informações nos próprios site.

Passo 4

Você pode pagar o IPVA de duas formas: à vista ou em três vezes no boleto. A maioria dos estados oferece desconto para quem optar por pagar à vista e você deve saber que pode ficar mais caro pagar o IPVA em três vezes. No site do Detran, você deve escolher a sua forma de pagamento antes de emitir o boleto.

Passo 5

Depois de concluir a última etapa, verifique todos os dados e confirme a forma de pagamento. Depois da emissão do boleto, se optar por parcelar, você deverá cumprir com as mensalidades dentro do prazo.

Passo 6

Dados conferidos? Excelente! Agora você pode gerar e imprimir o seu boleto IPVA ou DPVAT. Fique atento à validade do boleto para não precisar gerá-lo novamente e efetue o pagamento em uma casa lotérica ou em um banco disponível.

Conheça os principais prós e contras em ser um funcionário público

Ser funcionário público é o sonho de muitos trabalhadores. Os concursos públicos nunca tiveram em pauta como no período atual cativando através das vantagens oferecidas pela carreira. Para avaliar se vale a pena ser um funcionário público confira os prós e contras a seguir.

Vantagens de ser um funcionário público

Funcionário público é um trabalhador vinculado a uma empresa atual maior capital é outro público. Pode ser um empregador municipal, estadual ou federal. Sendo qualquer uma dessas empresas a contratar o funcionário ele será um servidor público. Ele não recebe de acordo com o calendário do PIS 2021, mas recebe com o calendário PASEP 2021 que possui o mesmo funcionamento e finalidade.

Ser um servidor público tem algumas vantagens e é por isso que a concorrência está cada vez maior nos concursos. Um dos pontos positivos e a instabilidade financeira. Existe a possibilidade de demissão, mas as empresas públicas costumam manter a quantidade de cargos ou ampliar os seus serviços ao cidadão e contratar ainda mais.  A menos que se cometa uma infração gravíssima (agressão ao funcionário, roubo e coisas do tipo) é muito raro ser demitido de empresa pública.

A remuneração costuma ser muito maior e estável. O servidor na verdade estudou bastante e é o melhor preparado para ocupar o seu cargo e merece um salário melhor do que muitos empregos de empresas privadas.  Comparando cargos que exigem o mesmo grau de escolaridade os salários dos funcionários públicos são bem maiores.

Outro ponto positivo de ocupar um cargo público é a estabilidade de horário. A maioria das empresas públicas abre de segunda a sexta e raramente aos sábados como os Correios, por exemplo. Não fazem hora extra e costumam unir datas aos feriados em ampliar as folgas.

Desvantagens de ser um funcionário público

Mas antes de optar por uma carreira como servidor público é preciso pensar também em outros pontos não muito comentados.  Um deles é a questão do salário: ele aumenta muito pouco.

O salário de um servidor público aumenta gradualmente de acordo com o tempo de serviço e é corrigido pela inflação, mas ficamos por aí nos ajustes. Enquanto em uma empresa privada é possível chegar a supervisor do seu setor e ganhar quatro vezes mais é um pouco mais difícil na empresa pública porque a rotatividade é pequena dos ocupantes dos cargos. A maioria deixa o seu carro quando se aposenta. A estabilidade salarial neste tipo de situação pode ser uma desvantagem.

A prospecção de carreira também é um pouco mais lenta.  Nas empresas privadas é comum ter grandes mudanças de cargo em um curto espaço de tempo com valorização do funcionário. E muitos sonham em ser chefe ou até vice-presidente. Nos órgãos públicos a tendência de muitos e se aposentar na mesma função e aumentando seu salário por tempo de serviço, gerando pouca rotatividade e poucas mudanças nos cargos a serem ocupados.

Há ainda a inexistência da possibilidade de ter dois empregos. Não é possível ocupar dois cargos ou ter uma segunda fonte de renda e isso pode ser um problema para quem quer ser também professor, por exemplo.

Obrigações anuais dos cidadãos brasileiros

Todos os anos os cidadãos brasileiros devem declarar o seu imposto de renda para estar em dia com o Governo. E com o Imposto de Renda 2021 não será diferente! O Imposto de Renda deverá ser declarado. Se você procura por informações referentes ao Imposto de Renda 2021, saiba que estar no lugar certo. Abaixo, todos os detalhes sobre! 

Quem precisa declarar o Imposto de Renda 2021?

Não são todos os cidadãos brasileiros que devem declarar o Imposto de Renda 2021. Aqueles que são obrigados a declarar este imposto, são aqueles que se enquadram nos critérios estabelecidos pela Receita Federal. 

Abaixo, confira quem deve declarar o imposto de renda:

  • Pessoas que obtiveram, ao decorrer de 2018, ganho de capital por meio de alienação de bens e direitos ou também manuseou operações em bolsas de valores.
  • Contribuintes residentes em terras brasileiras com rendimentos tributáveis superiores ao valor de R$ 28.559,70 no ano de 2018 (ou R$ 1.903,98 mensais);
  • Cidadãos que receberam rendimentos não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, com soma superior a R$ 40 mil no ano anterior;
  • Pessoas com renda bruta em valor que ultrapassam R$ 128.308,50 obtidas por meio de atividade rural;
  • Pessoas que tem propriedades de bens ou direitos (inclusive terra nua) no valor total superior a R$ 300 mil, em 31 de dezembro de 2018.
  • Pessoas que passaram a ter condição de residente no Brasil, ao decorrer do ano passado.
  • Quem pretenda compensar, no ano anterior ou posterior, prejuízos relativos à atividade rural de anos-calendário anteriores.
  • Quem escolheu pela isenção do imposto sobre a renda incidente sobre o ganho de capital auferida na venda de imóveis residenciais.

Informação Importante!

Se você se enquadra em uma dessas regras mencionadas acima, será necessário entrega a Declaração de Ajuste Anual do imposto de Renda de Pessoa Física 2021 dentro do prazo até abril de 2021.

Caso isto não seja feito dentro do prazo estipulado pelo órgão responsável por este imposto, você estará sujeito a multa, ou até mesmo poderá te levar à malha fina da Receita Federal.

Casos de Isenção do Imposto de Renda 2021

Como mencionado anteriormente, nem todas as pessoas deverão declarar o seu Imposto de Renda 2021. À não ser que se enquadre nas regras da Receita Federal!

Caso contrário, estarão isentos do pagamento aqueles que:

  • Possuam renda mensal inferir aos limites da alíquota de isenção (Não precisam declarar o imposto de renda 2021);
  • Aposentados diagnosticados com alguma das doenças graves dispostas na lei 7.713/88 (Câncer, Aids, Paralisia, entre outras) – (Precisam declarar o imposto de renda 201, e a isenção não é automática, precisa ser solicitada na fonte pagadora do benefício).

Tabela do Imposto de Renda 2021

Se você se enquadra nos critérios para a declaração do Imposto de Renda deverá ficar atento a tabela do Imposto de Renda 2021

Essa tabela informa a alíquota de contribuição de acordo com o valor dos vencimento que o trabalhador tem a receber. 

Abaixo, confira a tabela atual:

Base de CálculoAlíquotaParcela a Deduzir do IR
Até R$ 1.903,98
De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,657,5%R$ 142,80
De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,0515%R$ 354,80
De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,6822,5%R$ 636,13
Acima de R$ 4.664,6827,5%R$ 869,36

Dúvidas sobre os Cursos do Sisutec para o Próximo Ano

Hoje em dia o acesso à universidade está cada vez mais difícil devido ao aumento da mensalidade. Porém o governo realiza vários programas estudantis que podem te ajudar. Fazendo o Enem você consegue acesso à vários desses programas como o Fies e o Prouni. A nota da prova definirá se você consegue ou não uma bolsa. Com o Sisutec você pode conseguir acesso a bolsas de estudo para um curso técnico, que está sendo valorizado no mercado de trabalho. O Educa Mais Brasil EAD é um programa que das bolsas de até 70% em diversos tipos de curso. Viu só, com os programas do governo fica bem mais fácil para você.

Quando acontecem as inscrições no Sisutec?

As inscrições para o Sisutec acontecem duas vezes por ano, ou seja, no início de cada semestre, através do site oficial do programa.

Outro programa que pode ser do seu interesse é o Quero Bolsa 2021, o qual oferece bolsas de estudos de até 81% aos estudantes inscritos, sendo em diversos cursos, de graduação e pós-graduação. Agora não há mais desculpas para deixar de estudar.

Como é feita a inscrição no Sisutec?

A inscrição para os Cursos do Sisutec acontece pela internet, através do site oficial do programa. Para se inscrever o aluno deverá estar dentro dos requisitos de inscrição do Sisutec. No momento da inscrição o aluno deverá informar o número de inscrição e senha do Enem.

Quais documentos precisos para me inscrever no Sisutec?

Para realizar a inscrição no Sisutec Cursos o aluno precisa apresentar o número de inscrição e senha cadastrados no Enem 2014.

Como saber o resultado do Sisutec?

O resultado do Sisutec é informado nas datas pré-definidas através do boletim de desempenho do aluno no portal do Sisutec Cursos 2019 e nas instituições de ensino participantes.

Como realizar a Matricula no Sisutec?

A matricula dos aprovados nos cursos do Sisutec acontecem nos dias pré-definidos. A matricula é realizada na própria instituição de ensino.

Matrículas do Sisutec

Se você for selecionado para um dos cursos do Sisutec será preciso verificar, junto à instituição de ensino em que foi aprovado, o local, horário e procedimentos para matrícula. O prazo para a efetivação da matrícula está definido no cronograma disponível na página do Sisutec.

Inscrições Inglês sem Fronteiras

O Programa Inglês sem Fronteiras foi criado no ano de 2012 afim de ampliar e aprimorar o ensino de alunos que já estudam a língua inglesa. O objetivo do programa Inglês sem Fronteiras é ampliar o número de alunos no programa Ciências sem Fronteiras, que oferece bolsas de estudo em universidades estrangeiras. Saiba mais sobre as inscrições Inglês sem Fronteiras.

Existe SISU para a USP? Entenda

A Universidade de São Paulo é uma das maiores instituições do ensino superior do país e muitos estudantes almejam começar o seu curso através dela.

O que nem todo mundo sabe, é como é estabelecido o processo de seleção para preencher as bolsas ofertadas pela universidade e para explicar o vestibular da USP, trazemos as seguintes informações:

O Exame Nacional do Ensino Médio é uma das maiores provas que acontecem anualmente no país. A participação do candidato permite a distribuição de vagas nas universidades.

O Enem depende de dois sistemas para preencher as bolsas de estudo, são eles o Sisu e o Prouni. O primeiro é relacionado às universidades públicas e o Prouni, às universidades privadas.

Além da USP, em São Paulo existe também o vestibular Anhanguera 2021.

A Universidade de São Paulo é classificada como instituição do ensino público, ou seja, iria depender do método de seleção do Sisu. Mas será que é possível ingressar na universidade dessa forma?

Bem, algumas instituições de ensino preferiram não aderir ao aderir parcialmente ao Exame Nacional do Ensino Médio, e este é o caso da USP, que distribui uma porcentagem de vagas para os candidatos do Enem.

Então, a resposta é sim, você pode ingressar na Universidade de São Paulo aplicando a sua nota para as vagas através do Sistema de Seleção unificada. Entretanto, apenas uma porcentagem das vagas disponíveis pode ser acessada através do Enem.

A outra opção, para qual é destinada a porcentagem restante das vagas é o vestibular USP 2021. Essa avaliação é conhecida como FUVEST e possui algumas diferenças do Enem.

Uma dessas diferenças é o tipo de avaliação. Enquanto o Enem tem um foco amplo em diversos níveis de conhecimento, o FUVEST terá uma atenção maior para os assuntos do Ensino Médio.

Além disso, quem vai participar da inscrição FUVEST 2021 estará sujeito a duas fases de avaliação. O exame é considerado uma prova mais tradicional, dispondo de 180 questões objetivas e uma prova de redação.

Para ambas as formas de ingressão, há uma grande concorrência, afinal, a Universidade de São Paulo é referência em qualidade de ensino.

Mais de 2 mil vagas são distribuídas para cada sistema de ingresso e você pode começar o seu curso se estiver preparado para as avaliações.

Vale lembrar que só irá conseguir garantir a sua vaga quem superar a nota de corte do curso escolhido. A pontuação é estabelecida de acordo com as notas aplicadas pelos estudantes durante o período de inscrição.

Divulgação de todos flagras da última edição do BBB

Paredão e Votação Big Brother Brasil

Se tratando do principal pesadelo vivido pelos participantes do Big Brother, a formação do paredão BBB 2021 ocorre aos domingos. No começo do programa, não raramente são formados paredões duplos, triplos e quádruplos. Dessa forma, uma boa parte dos participantes deixam a casa antes da metade da duração do reality show. Enfrenta o paredão quem recebe o voto do líder contra a pessoa indicada pela maioria dos votos da casa. Quem decide sobre quem fica e quem sai, como sempre é o público.

Os fãs do Big Brother 2021 podem votar pelo participante que desejam que saia da casa através do site Globo.com, telefone, celular ou mensagens de SMS. A eliminação é diretamente determinada através de voto popular. A votação é aberta a todos os brasileiros e começa sempre após a indicação dos participantes ao paredão, no domingo. O resultado é revelado nas terças-feiras, quando o eliminado tem que deixar a casa.

Flagras do BBB

Neste ano, o BBB contará com uma decoração totalmente nova e algumas mudanças na estrutura. Segundo fontes de dentro da Globo, nessa edição o diretor Boninho prepara uma série de novidades – entre elas, a volta de antigas provas do líder que fizeram sucesso no programa. Os flagras e as fotos, extremamente esperada pelos que acompanham o reality show há anos, sempre são divulgados em tempo real. Existe uma série de blogs, além do portal de notícias da Rede Globo, destinados às principais novidades.

Na quarta-feira, que é o dia escolhido para as festas na casa mais vigiada do Brasil, é quando, normalmente, são divulgados os flagras BBB 2021 mais acessadas na internet, além das discussões e brigas entre participantes, que aconteceram em todas as edições anteriores. As intrigas entre os grupos que disputam as provas de comida durante a semana também são outra constante. A divisão entre os participantes que ganham mais estalecas e outros menos é sempre motivo para confusões dentro do BBB, que os fãs adoram. Nos fins de semana, a votação para o paredão costuma causar um mal-estar entre os candidatos indicados.

http://gshow.globo.com/bbb/blog-da-producao/index.html

Outra forma de não perder nada do que acontece dentro do BBB 2021 é o pay-per-view. Para os que têm TV a cabo, a Globo libera diversos canais com câmeras instaladas em diversos pontos da casa, com transmissão 24 horas ao vivo. Dessa forma, os telespectadores podem visualizar tudo o que acontece, além de poder acompanhar todas as festas na íntegra. Romances, bebedeiras e fofocas sempre estão presentes na programação do reality show, que nesta edição tentará conquistar muito Ibope apimentando a convivência no lugar.

Novidades aos trabalhadores demitidos sem justa causa

O Seguro Desemprego é um benefício concedido à trabalhadores demitidos sem justa causa, desde que o vínculo trabalhista e tempo de serviço deve ser comprovado por meio do registro na Carteira de Trabalho. Agora, com as mudanças, quem tem direito ao benefício poderá receber de 3 a 5 parcelas (meses) do seguro desemprego.

Se você já deu entrada em seu processo para começar a receber o Seguro Desemprego, ou está prestes a receber o benefício aprenda a consultar os depósitos:

Existem 4 (quatro) maneiras para você verificar: Seu saldo; as parcelas recebidas; As Parcelas que você ainda vai receber, são elas:

  • Cartão Cidadão – Caixa Econômica Federal. Trata-se de um cartão magnético, que permite acessar diversos serviços sociais e trabalhistas, como o PIS, FGTS, bem como o Seguro Desemprego.
  • Indo até uma casa lotérica ou uma das agências da Caixa Econômica Federal você poderá obter informações acerca dos depósitos do Seguro Desemprego. Vale lembrar, que atualmente o Cartão Cidadão é oferecido apenas para as pessoas que recebem ou já receberam algum benefício do Governo Federal.
  • Pelo MEU INSS, plataforma online criada pelo Governo Federal para facilitar a vida do cidadão.

Conta na Caixa Econômica Federal

Se você é cliente da CEF (Caixa Econômica Federal), e possui conta ativa, poderá realizar a consulta nos terminais nos caixas eletrônicos autoatendimento, pela internet ou em qualquer casa lotérica.

Consulta ao Seguro Desemprego – Internet

Se você é adepto às a praticidade da internet, poderá consultar o saldo seguro desemprego diretamente no site da CEF:

  • No menu selecione: “Benefícios e Programas”, “Benefícios do Trabalhador” (primeira coluna) em seguida selecione a opção Seguro Desemprego. Uma nova página será carregada, lá você encontra tudo sobre o programa.
  • No canto direito você deve clicar no botão “Consultar Pagamento”. Digite o número do Seu NIS (Número de Identificação Social) – ou o número do PIS/PASEP – Digite sua senha e clique em “OK”.  Se você ainda não tem uma senha cadastre-a clicando em “Cadastrar Senha”.
  • Após o acesso com seu NIS – PIS/PASEP e senha, você terá acesso a todas às informações relativas aos seus benefícios.

Consulta ao Seguro Desemprego – Telefone

Se preferir você pode optar pela ligação para consultar informações à respeito do Seguro Desemprego, basta ligar gratuitamente para a CEF (Caixa Econômica Federal), no 0800 726 0207, para a consulta é preciso ter em mãos: NIS – PIS/PASEP, RG e CPF.

Tabela mostra novos valores do INSS para próximo ano

Salário Mínimo – A história do salário mínimo é antiga, e saiba que seu surgimento foi na Austrália, lá no século XIX, acredita que aqui no Brasil o seu nascimento aconteceu somente quase um século depois. Foi no governo de Getúlio Vargas, que o salário mínimo, bem como a maioria das leis trabalhistas surgiu. Tudo isso aconteceu há 80 anos, através de um Decreto de Lei, e sua data de aniversário é 01 de Maio.

Mas naquela época não existia um salário mínimo brasileiro, a discrepância entre as regiões era enorme, e ao todo foram estabelecidos 14 valores diferentes de salários mínimos. A partir daí o Governo estabeleceu a primeira tabela que permaneceu válida por três anos consecutivos. Na tentativa de buscar equilíbrio entre os Estados e Regiões, em 1984 o Governo determina que o Brasil tenha apenas um salário mínimo nacional.

São muitos os trabalhadores que estão em uma expectativa da atualização do valor salário mínimo 2020, e existem especulações a respeito deste ajuste. O reajuste do salário mínimo é muito importante para que ele possa aumentar o poder de compra do cidadão, e geralmente esta alteração ocorre em janeiro, mas para que isto ocorra, a alteração vem sendo discutida com alguns meses de antecedência.

Nesse artigo vamos passar para você todas as informações detalhadas sobre o valor e reajustes do novo salário Mínimo. A seguir confira nosso conteúdo.

O que é o Salário Mínimo?

O salário mínimo é um valor, como o próprio nome já diz “um valor mínimo” aceitável, determinado por Lei. Explicitamente é direito garantido a qualquer trabalhador da cidade ou do campo. Seu valor é fixado por lei, é válido em todo o território brasileiro, e deverá atender as necessidades primárias da pessoa estendidas a sua família.

Na relação entre trabalhador e empregador, o valor salário mínimo 2019 é o instrumento de medir o trabalho ofertado e o trabalho recebido, por isso, ambos devem estar cientes deste acordo que determina a Lei. É o mais baixo valor de salário que os empregadores podem legalmente pagar aos seus funcionários pelo tempo e esforço gastos na produção de bens e serviços. Também é o menor valor pelo qual uma pessoa pode vender sua força de trabalho.

Na constituição Federal de 1988, está descrito que esta remuneração deveria atender financeiramente:

  • Compra dos alimentos para a família;
  • Cuidados coma saúde;
  • Lazer;
  • Cobrir despesas com transporte;
  • Despesas com moradia;
  • Educação.

E mais itens, que ironicamente fazem parte desta lista.

Quem tem direito?

O direito ao salário mínimo 2019 é para qualquer trabalhador brasileiro, indiferente de classe operária, credo, raça ou gênero. A garantia deste salário é promover a dignidade da pessoa, para que não aja abuso por parte de um empregador. Apesar de que diariamente temos relatos de pessoas expostas a condições de super desvalorização do trabalho.

Principalmente em relação ao não cumprimento da Lei que determina o mesmo como a menor remuneração aceitável, salvo exceções, porque elas existem. Nesta lista estão inclusos, o trabalhador que tem carga horária de trabalho parcial, que é limitada em menos que 25 horas por semana, estagiários.

Quem não pode solicitar Financiamento Estudantil

Confira abaixo quem não pode solicitar o FIES 2020:

  • Se o aluno não tiver sido selecionado pelo MEC;
  • Apresentar matrícula do curso superior trancada no ato da inscrição;
  • Já foi beneficiado pelo FIES, exceto se exibir documento que não usufruiu do financiamento;
  • Dívida com Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);
  • Tem bolsa integral (100%) do Prouni;
  • Recebe bolsa parcial do Prouni e outros cursos diferentes da inscrição no FIES;
  • Fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), desde a edição de 2010, e tirou notas menores que 450 pontos e/ou tirou zero na redação;
  • Apresenta renda familiar, por pessoa, superior a três salários mínimos.

Inscrição

Para se inscrever para receber o financiamento, confira a seguir:

O interessado deve acessar o site do Sisfies (sistema informatizado do FIES), ou pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE.

Em seguida, deve fazer o cadastro de primeiro acesso ao sistema. Acesse aqui, para ser redirecionado para página de cadastro no Fies.

  • Em seguida insira seu CPF, sua data de nascimento, um endereço de e-mail válido, e uma senha de acesso;
  • Preencha os campos seguintes e clique em “enviar”;
  • Depois de receber a mensagem de confirmação, conclua a inscrição no Fies Seleção e insira dados pessoais, do seu curso e da instituição;
  • Na pré-seleção, entre na página Sisfies para efetivar sua inscrição, e coloque os dados sobre o financiamento;
  • Finalize a matrícula na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA);

Por fim, valide o financiamento indo em um Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal.

Central de Atendimento

Depois de saber as regras para a inscrição FIES 2020, caso ainda tenha dúvidas é possível esclarecer através da Central de Atendimento FIES.

O telefone FIES disponível é:

  • Central de Atendimento – 0800 61 61 61.
  • Formulário de contato: acesse aqui.

DETRAN MG divulga novidades sobre o pagamento de impostos

Através do Simulado DETRAN MG os candidatos podem se preparar para o exame teórico. Com o conhecimento sobre a prova o usuário pode passar de primeira. Pelo Simulado DETRAN MG o usuário faz as questões com relação ao exame oficial. Veja como fazer o teste.

Antes de seguir pelas etapas práticas para tirar a CNH é necessário passar na prova teórica. Para estudar para o exame confira nossas orientações.

Para adquirir um veículo lembre-se que é necessário realizar o pagamento de diversos impostos, entre esses está o Licenciamento, DPVAT ES e IPVA 2019, para que você possa circular tranquilamente pelas rodovias é importante estar com essas taxas em dia.

Processo para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH)

O documento da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) permite que o usuário faça a condução de veículos. Neste caso, para iniciar é preciso:

  • Possuir Carteira de Identidade.
  • Saber ler e escrever;
  • Ser maior de 18 anos;

Nestas etapas o candidato precisa passar pelos seguintes exames:

  • Exame Médico (exame de vista);
  • Exame Psicológico (teste psicotécnico);
  • Exame de legislação de trânsito (prova teórica);
  • Exame de direção (prova prática).

Deste modo os passos para obter a CNH é encontrar um Centro de Formação de Condutores (CFC), com os documentos:

  • Original e Cópia do comprovante de residência;
  • Original e Cópia do CPF;
  • Uma fotografia 3×4 colorida com fundo branco.

Depois basta agendar os exames apresentados acima e após passar o candidato inicia as aulas teóricas para o exame teórico. Depois de passar ele começa as aulas práticas para fazer o exame prático.

Simulado do exame teórico

No exame teórico o aluno irá fazer uma prova de 30 questões. Nesta prova o usuário precisa acertar 21 questões, ou seja 70%.

O simulado DETRAN 2019 é aplicado em forma de teste, com quatro alternativas e somente uma correta. Para se preparar para esta prova o Centro de Formação de Condutores (autoescolas) oferece um curso teórico de 45 horas aulas.

Durante as aulas são ensinados os seguintes temas:

  • Cidadania;
  • Direção Defensiva;
  • Legislação;
  • Meio Ambiente;
  • Primeiros Socorros.

A prova aborda estas noções de trânsito e auxilia o aluno durante a prova oficial.

Simulado DETRAN MG

Alguns sites oficiais do DETRAN oferecem o teste de forma gratuita para preparar o aluno. Apesar do Simulado DETRAN MG não disponibilizar esta opção é possível estudar pelo teste dos outros estados.

Toda esta página segue o padrão do teste oficial, e são apresentadas em forma de teste de múltipla escolha. Já as questões também são oficiais e saem do banco de dados do DETRAN, portanto é possível que até caia na prova original.

Sendo assim, mesmo que o DETRAN MG não ofereça esta opção o candidato pode fazer o teste pelos sites oficiais abaixo:

  • DETRAN PR
  • DETRAN SP
  • DETRAN RJ
  • DETRAN BA
  • DETRAN ES
  • DETRAN PE
  • DETRAN RS
  • Depois de entrar no portal escolhido, basta ler as recomendações da página.
  • Normalmente o site pede para escolher o tipo da prova;
  • Depois basta seguir as orientações conforme a página;
  • Para responder as questões utilize o seu mouse ou teclado.